Escrito ao luar


Para ti escrevo ao luar,
Falando em ocasiões de dor.
Não, não vou desertar,
Meu amor.

Desaparece outrem, venho eu próprio,
Sim... estou sóbrio,
No contente leito
Do meu jeito.

Mas é por alguém como você
Cá o mundo resiste!
E por alguém como eu - à sua mercê;
Nunca desiste!


Álvaro Machado - 19:00 - 06-05-2012

Comentários

  1. I do like....the way you write..
    double feelings for you...my adored one
    A.M

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

O lar olvidado

de folha em folha, tudo cai vão