Sinal de Deus


Na vida desconhecida e no infinito sabido
Conhecermo-nos no permeio
É um sinal de Deus, que digo e creio
Nunca tivesse existido...

Se é supostamente sonhado viver,
Encontremo-nos todos um dia
E juntos façamos à alma crer
Que por ali, Deus existia...

Pode ser que assim, crentes na prece,
Incida sobre alguém um sinal…
Esperemos para ver se acontece
Um dia de novo igual...

Álvaro Machado – 21:52 – 06-12-2012

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O lar olvidado

de folha em folha, tudo cai vão