História ou lenda...


Um dia todos me lembrarão
Não pelo que fui em vida,
Mas pelo que fui depois dela.

E, nesse dia, caso ele venha,
Quero ser relembrado ao acaso,
- Relembrando em todo o caso -

Andar pelas ruas e estar em todo o lado,
Andar pelas lojas como se de naufragado
Se tratasse um homem já de si esquecido.

Um dia todos me recordarão,
Não pelos feitos que fiz como homem,
Mas pelas palavras que escrevi como sonhador,

Que verdadeiramente sonhou além,
Que verdadeiramente pôde ser alguém
Não relembrando porque foi ninguém.

Álvaro Machado - 21:28 - 21-01-2013

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Da outra margem!

de folha em folha, tudo cai vão

Jorge de Sena - Uma pequenina luz bruxuleante