Suspendia


Há tanto amor no ar,
Tanta energia boa
Que pareço alucinar
E ver a ilha Goa...

É tão simples ser feliz,
Que a felicidade nunca diz
Realmente o ser assim.
(E como nunca dei isso em mim?)

Só sei que nos dão boa energia,
Porque ela suspendia-se no ar...
Quem me viu ali, viu-me olhar
Pela vida que me alumia.

.... Silêncio... Passos de silêncio...
É assim que quero estar.
Um silêncio quero me atravessar
E um tanto amor está no ar...

Álvaro Machado – 23:08 – 28-01-2013

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Jorge de Sena - Uma pequenina luz bruxuleante

Da outra margem!

Barco infantil