Paris




O dia hoje é estar em Paris
E ver de lá o lado das saudades
Que nos chegam dia após dia
À considerada cidade das cidades;

É não estar bem com a língua
E ver de longe a memória de Portugal...
No ar um cheiro atravessa infernal
Uma sensação míngua...

Paris é como estar no Porto
E ver bem próximo de nós
A serena ribeira e o belo porto
Que ligam a cidade à Foz.

Álvaro Machado – 20:52 – 18-02-2013

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Jorge de Sena - Uma pequenina luz bruxuleante

Da outra margem!

Barco infantil