Sem nada, ser nada.


Tentar compreender
É esquecer que compreendi.
Tentar viver
É esquecer que vivi...

Tentar é não tentar
Coisa nenhuma.
É apenas imaginar
Que se tentou coisa alguma...

Se nada me faz ser
Nada eu irei querer.
Assim tudo irei ter
Se nada tiver...

São os pensamentos
Que estão frios, de mar angustiado...
Afundem-me sem ressentimentos:
Considero-me naufragado...

Álvaro Machado - 21:58 - 11-10-2013

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Jorge de Sena - Uma pequenina luz bruxuleante

Da outra margem!

Barco infantil