Mera lembrança.


Lembro-me de estar sentado
Sobre a minha consciência
E pensar, com muita inocência,
Que Deus estava ao meu lado.

A vida poderia ser sempre assim,
Calma, de plenitude dotada;
Seria tudo melhor para mim,
Viveria-a muito menos atribulada...

Só que o momento seria de não-lucidez,
Seria um estado superior...
Transformar-se-ia glorificador
E ninguém saberia quem o fez...

Leonard Sagè - 22:14 - 09-11-2013

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Jorge de Sena - Uma pequenina luz bruxuleante

Da outra margem!

de folha em folha, tudo cai vão