Nós.


O universo move.
Nós paramos.
O fogo sobe.
Nós encontramo-nos.

O destino?
Junta. Separa. Da significado.
Eterniza-nos por essa essência.

Álvaro Machado - 19h54 - 15-08-2014

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Da outra margem!

de folha em folha, tudo cai vão

Jorge de Sena - Uma pequenina luz bruxuleante