Ruy Belo - Morte ao Meio-Dia (Álvaro Machado)


Depois das tragédias e dos rostos lívidos no meio das chamas.
Depois de toda a azáfama política. De Tancos. Do caos.
Achei por bem trazer-vos Ruy Belo. Ou, como diria o próprio a propósito de Portugal, "no meu país não acontece nada".

Álvaro Machado - 19h05 - 19.10.2017

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Da outra margem!

de folha em folha, tudo cai vão