Este Portugal


Escurece triunfalmente neste Portugal apagado
Amanhece escrupulosamente uma chama,
Mas desde logo se apaga.. Meu deus! Alma!
Sempre português. Jamais desonrado!

Pois nós honra temos em fartura,
Somos marinheiros e cavaleiros,
Inquebráveis no que toca à bravura!
Sim.. Nós! Companheiros!

Percorre-me a sintonia dos antepassados,
Corre-me a vida daqueles poetas, sim poetas!
De grande coração, loucos e embriagados,
Espero por vós. Nestas alegres janelas.

Álvaro Machado - 18:57 - 13 - 03 - 2012

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Jorge de Sena - Uma pequenina luz bruxuleante

Desventura insensata

Assim.