Cornetas de Érebo




Soam, como cornetas, além
As bizarras cantigas
Oriundas de Érebo:
Soltam um cadafalso,
Estendem uma ponte
E almas sob ela
Navegam, sozinhas,
Já sem vida.

Satanás é o maestro.
Querubins são parte da orquestra.
Seis anos, demorou a pensar;
Seis dias, demorou a executar,
Seis minutos, demorou a nascer.
E o Anticristo descerá à terra,
Toque leve, horrendo, perturbador,
E às súplicas vãs dos homens
Toda a terra deixará de ser.

Álvaro Machado – 01:14 – 14-06-2013

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Jorge de Sena - Uma pequenina luz bruxuleante

Da outra margem!

Barco infantil