Pelo rossio


Pelo Rossio fora, deambulando

Fui poeta, fui alguém,
Se agora sou ninguém
Pelo rossio dentro, recordando
Fui tudo e mais além.

Álvaro Machado - 21:52 - 04-07-2012

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Jorge de Sena - Uma pequenina luz bruxuleante

Desventura insensata

Assim.